terça-feira, 22 de julho de 2014

Cabelos: Cansei de ser loira! (ou Minha saga ruiva)

Cabelos: Cansei de ser loira! (ou Minha saga ruiva)
Desde os meus 11 anos de idade resolvi que quando crescesse iria ser ruiva, igual à ex-Spice girl Geri Halliwell - afinal naquela época minha mãe não me deixaria concretizar tal peripécia.


Minhas madeixas enroladinhas pra disfarçar o desbotado (é pra reparar nos cabelos, e não nas espinhas! hunf)

Os anos se passaram e aos 15 pintei meus cabelos com tonalizante preto, fiz uma mecha vermelho-cereja de um só lado, cansei do preto, passei tonalizante vermelho que não pegou, joguei um tonalizante preto azulado por cima, enjoei de novo e resolvi que voltaria ao meu tom natural (de acordo com a cabeleireira loiro escuro, mas o que pra mim sempre foi um castanho claro).


De preto pra loiro

Não satisfeita com o tom natural, aos 20 fui ao salão e pedi para que puxassem mechas loiras beeeem fininhas. A mulher não entendeu e me deixou loira! Era um choque acordar nas primeiras madrugadas e me deparar com um ser de cabelo amarelão sempre que olhava no espelho. Com o tempo me acostumei e passei a só fazer luzes loiras - que fui acinzentando.


Eu loira-acizentada, no começo do ano, e REBÉUDI em Maio/Junho de 2014

No começo deste ano (2014) uma colega minha da escola fez diversas mechas coloridas nos cabelos (azuis e vermelhas). Achei muito legal o resultado e disse que tinha vontade de fazer californianas cor-de-rosa (afinal, se não desse muito certo, era só passar a tesoura!). Incentivada por essa minha colega, acabei fazendo e gostei demais! Pintei uma segunda vez (após 15 dias) e ficou ainda mais viva a cor, mas na terceira a tinta não pegou direito e ficou um pouco neon na parte da frente. Me frustrei, mas não tive coragem de cortar os cabelos (porque era mais de um palmo de comprimento) e fui fazer luzes novamente...


Assim que tingi com o 77/44 (nas duas primeiras fotos) e após a primeira lavagem

Chegando no salão, a cabeleireira me explicou que apesar de descolorir para fazer as luzes, meu cabelo continuaria manchado por conta do tonalizante cor-de-rosa. Daí, de curiosa, perguntei se caso eu jogasse outra tinta em cima, o manchado sumiria. Ela afirmou que sim! E foi aí, por impulso mesmo, que retomei o meu desejo de pré-adolescente e decidi que ficaria ruiva (até porque, na minha cabeça, sairia mais barato tingir do que fazer luzes)! Na minha ansiedade escolhi qualquer cor, sem pensar muito: "Vai esse 77/44 da Color Perfect mesmo!". Eis que meu cabelo ficou... vermelho! =(

Não estava tão feio assim, confesso! Mas o que eu sempre desejei era um tom de ruivo acobreado mais claro (meio Simone Simons). E logo após a primeira lavagem fiquei chateada porque desbotou MUITO (bem que me avisaram!).


Enroladinho e desbotado depois de lavar durante 15 dias com shampoo anti-resíduos #chatiada (sic)

Procurei um outro salão e contei que queria clarear a tinta. Mas "tinta não clareia tinta, Fernanda!", então me aconselharam a lavar os cabelos com shampoo anti-resíduos até desbotar completamente e assim eu poderia chegar ao resultado que desejava. Neste período, fiquei pesquisando pelo tom que queria chegar e quais tintas e misturas que as blogueiras costumavam usar (uma amiga me sugeriu ler o blog Frescurinha e encontrei muitas informações úteis também no E aí, beleza?).


Depois de descolorir e tingir com 8.4 da Keune + um pouco de dourado (e com cara de Overly Attached Girlfriend)

Depois de 15 dias lavando os cabelos só com anti-resíduos e fazendo hidratações, voltei à cabeleireira. Mas, segundo ela, apesar de os meus cabelos estarem mais claros (onde eram as antigas luzes, já que na raiz a tinta fixou mais), ainda não daria para eu chegar no tom que eu queria. "Quer saber," disse "pode mandar bala na oxigenada mesmo e vamos ver no que vai dar!". Ela explicou que meus cabelos ficariam agredidos, mas topei assim mesmo! Assim que ela descoloriu (ela fez uma espécie de decapagem, só que mais leve), tingiu com o 8.4 da Keune misturado com um pouco de dourado (porque talvez ficaria muito puxado pro vermelho).


Inspirações: Sophie Turner, Geri Halliwell e Simone Simons

Foi assim que cheguei neste último tom de ruivo, mais aproximado com o tom que eu quero. Ainda está um pouco desbotado e o cabelo acabou ficando elástico e quebradiço - também, né: duas tingidas e uma descoloração em menos de três semanas! Mas agora já está melhorando com o tratamento que tenho feito e daqui a umas duas tingidas acredito que ficará tudo okay (em breve publico as novidades)! =) E o que aprendi com essa história, crianças? Que preciso ser menos impulsiva, mesmo se o assunto seja apenas "cabelos": porque, na esperança de melhorar, acabei piorando a situação por não ter paciência de esperar!

6 comentários :

  1. Caramba, que jornada difícil essa da cor do seu cabelo. Parece a que eu tive na adolescência, pra deixar ele crescer hahaha um sofrimento puro!
    MAs o resultado final ficou lindo demais, sério, estou apaixonada pela cor do seu cabelo! Arrasou!! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Fê!! =)
      Ainda não está exatamente como eu quero, mas acho que daqui a umas 2 tingidas vai ficar!! É só que ter paciência... Hihihihih

      Excluir
  2. Acho lindo a cor ruiva, só que gosto dos acobreados =D
    Eu já tive cabelo cerejão, fava MUITO trabalho pra tratar hunf.. mas enjoei logo e voltei pro natural.. mas confesso que ás vezes bate saudde =D

    Fica ótimo de vc
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Anônimo7:31 PM

    Nossa, Fê, que gattho aquele ruivo 77/44! pena que desbota logo. -.- Curti esse 8.4 também, tom ruivo combina muito contigo!! *-*

    Beijo,
    lil

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que aventura hein Fer, mas você chegará no seu objetivo!
    bjsss e bom domingo!

    ResponderExcluir
  5. Caramba! :O
    Nunca pintei meu cabelo, acredita?
    Beijos.
    contornoperfeito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

E aí, o que achou? Deixe seu comentário aqui! =)

Lembre-se de ter bom senso e comentar sobre o assunto post. Sinta-se livre para fazer qualquer tipo de crítica, desde que seja a respeito do assunto ou opinião abordada, e não ataques pessoais àqueles envolvidos (como eu, outras pessoas que comentaram, ou outras pessoas que citei no decorrer do texto).

Costumo retribuir a todos os comentários, desde que tenham alguma coerência. Me desculpem, mas aqueles que se resumem somente a "Seu blog é lindo! Visita o meu?", terão sua retribuição no mesmo nível!

...

Copyright 2002-2015 - Fernanda Fusco - Todos os direitos reservados

Cópia total ou parcial proibida !

Related Posts with Thumbnails